quarta-feira, maio 31, 2006

Sugestões para hoje...

José Saramago no Café com Letras
31 de Maio às 21h30
Biblioteca Municipal De Oeiras
Aberto ao Público
Entrada Livre

"Este mês, José Saramago estará em Oeiras para mais uma sessão do Café com Letras, conduzida por Carlos Vaz Marques. Prémio Nobel da Literatura em 1988, José Saramago nasceu em 1922, na Aldeia da Azinhaga (Golegã) e o seu emprego foi o de serralheiro mecânico, ao qual se seguiram os de desenhador, funcionário de saúde e de providência social, editor, tradutor e jornalista. Publicou o seu primeiro livro, um romance, em 1947. Colaborou como crítico literário na revista Seara Nova. Em 1972 e 1973 fez parte da redacção do jornal Diário de Lisboa e entre Abril e Novembro de 1975 foi director-adjunto do jornal Diário de Notícias. A partir de 1976 passou a viver exclusivamente do seu trabalho literário, primeiro como tradutor, depois como autor."
Guia da Cidade, 10 de Maio de 2006
Feira do Livro de Lisboa
- 15h - Comemoração dos 60 anos do Principezinho
Local: Auditório
Organização: Editorial Presença
- 18h30 - Agustina Bessa-Luís, "Sobre os livros e outras coisas: A escrita como reflexo da sociedade, o que fazemos e como lemos"
Local: Auditório
Organização: Câmara Municipal de Lisboa/Cultura
Apresentação de Inês Pedrosa.
11ª Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público –‘Sementes’
"Apesar das “dificuldades financeiras” a 11ª Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público –‘Sementes’ começou ontem, prolongando-se até 11 de Junho, conta o director desta mostra. Rui Cerveira lembra que o ‘Sementes’, iniciativa do Teatro Extremo, de Almada, surgiu em 1996 para “dar às crianças um leque mais abrangente do que para elas se faz” e para “fomentar a sua capacidade de observação, expressão e espírito crítico”. O director lamenta no entanto que “apesar deste ser um festival reconhecido pelo poder central”, este reconhecimento “não se faça acompanhar do apoio que lhe corresponde”.
(...) Apesar de tudo, e embora com “menos actividades, sobretudo ao nível de animação de rua”, o ‘Sementes’ continua a apresentar ao pequeno público uma panóplia de eventos. Desde teatro, marionetas, música, circo, dança, filmes de animação (seleccionados pelo Cinanima – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho), exposição de artes plásticas, uma mini-feira do livro infantil e juvenil (com o apoio da livraria Pequeno Herói), um seminário sobre arte, educação e sociedade, espectáculos para bebés ou a já habitual festa de celebração do Dia Mundial da Criança a decorrer no Parque a Paz, em Almada.
Esta 11ª mostra, que tem como “público-alvo as crianças dos zero aos doze anos, embora aberta a todo o público”, decorre este ano em Almada (no Teatro Extremo, Fórum Romeu Correia, Parque da Paz, Convento dos Capuchos e na sala da Assembleia Municipal da Costa) e também em Odivelas (no Centro Cultural da Mala Posta e no Largo D. Diniz), onde haverá uma extensão da programação do ‘Sementes’ de 31 de Maio a 11 de Junho. Rui Cerveira adianta ainda que amostra “irá também a Palmela, Moita e Seixal, mas apenas com dois ou três espectáculos que serão integrados na programação destes municípios”.
Um evento com espectáculos oriundos de Almada, Lisboa, Sintra, Famalicão, Moura, Espinho e Espanha, dos quais o director do ‘Sementes’ não deixa de destacar o ‘Viva Zapato’, do Colectivo Armadilha, ‘Cenas Decompostas’, da Companhia de Dança de Almada, ‘A Volta ao Mundo da Família Chouriço’, da Dançarte, ‘À Procura do Óó Perdido’, do Lua Cheia Teatro para Todos, ‘Papirus’, do Xirriquiteula Teatre, ‘Zeplin’, de La Baldufa Teatre ou ‘Kate e Skate’, do Coral Infantil de Setúbal.
Rui Cerveira frisa que o Teatro Extremo é um teatro “muito virado para a comunidade” e agradece o apoio às câmaras de Almada, Odivelas, Palmela, Moita e Seixal, bem como às juntas e freguesia de Almada, à Região de Turismo da Costa Azul e às associações Olhares, Proformar e Cinanima pelo apoio dado para a realização do ‘Sementes’. Um evento que conta receber “entre 13 a 15 mil pessoas” e que o director deseja que “no futuro venha a receber os devidos apoios do Ministério da Cultura”."
Setúbal na Rede, 19 de Maio de 2006

2 Comments:

Blogger boneca de trapos tem a dizer o seguinte...

bem.... tanta coisa gira!!!! onde são estes auditórios das palestras na Feira do Livro?

9:55 da manhã  
Blogger Floppy tem a dizer o seguinte...

julgo que são no recinto da Feira... será uma questão de perguntar, estando lá.

11:01 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home