terça-feira, julho 10, 2007

Sugestões para hoje...

Aliki Kayaloglou
10 de Julho, terça, às 21h30
Jardim de Inverno

Poesia e música grega ao encontro do fado e do tango
Entrada livre – sujeita à lotação da sala

Para mais informações:
www.teatrosaoluiz.egeac.pt / teatrosaoluiz@egeac.pt / Tel: 213257640
São Luiz – Teatro Municipal
Rua António Maria Cardoso, 38
Workshop Les Bouteilles Percutées
“É dança e é percussão…com garrafas de plástico. É a partir delas que o corpo se vai transformar em movimento e som. Mas há mais. A dança que serve de inspiração para este workshop dá pelo nome de Gumboot. Sim, já tínhamos ouvido falar . Mas podermos aprender? Isto sim, é uma novidade. E das boas! Há que aproveitar. Annie Deltour chega da Bélgica para ensinar esta dança que nasceu na África do Sul, criada por mineiros. Era através das suas botas de borracha que comunicavam entre si. Claro que reutilizar garrafas de plástico para as coreografias também nos parece uma excelente ideia. Já são razões mais do que suficientes para não perder este workshop tão diferente./Sónia Castro

ONDE: Pró-Dança R. de São Domingos à Lapa, 8. Tel.21 393 24 10
QUANDO: 10 e 11 Julho (Horário a combinar com a coreógrafa)
QUANTO: 60€”

Fonte: www.lecool.com
Sete Contra Tebas
De Ésquilo

Um espectáculo de Diogo Dória. Integrado no Festival de Almada
Teatro
De terça 10 a Domingo 15 de Julho de 2007
21h30 (dias 10 a 14) e 17h00 (dia 15)
Pequeno Auditório
Duração 1h30
Preço 12 Euros (Jovens até aos 30 anos: 5 Euros. Preço único)
Classificação: M/12

Informações e reservas: 21 790 51 55 ou culturgest.bilheteira@cgd.pt

Sete contra Tebas (467 a.C.) é a única tragédia conhecida de uma tetralogia de Ésquilo que incluia ainda Laio, Édipo e o drama satírico A Esfinge. Nesta peça do mais antigo dos três tragediógrafos a figura do herói Etéocles ergue-se graças à força grave e superior da sua conduta viril sobre um fundo de terror e medo. A tragédia grega, mais do que uma acção, é aqui a expressão de um sofrimento. Num texto onde o confronto entre o herói e os deuses é estruturalmente de uma enorme clareza, Etéocles afirma a sua liberdade apesar da maldição que pesa sobre a raça dos Labdácidas.
Para além da poesia do texto, o que nos fica hoje de uma tragédia assim?
diogo dória

Uma co-produção Culturgest e Festival de Almada
Espectáculo integrado no Festival de Almada 2007
Vamos Todos ao Mercado
Ter a Sex
Sessões sobre alimentação e saúde para idosos e crianças.
Informações Úteis: 213 501 327

Mercado 31 de Janeiro
Endereço: Rua Engº. Vieira da Silva (junto à Praça José Fontana)

Fonte: Lisboa cultural
Exposição Império de André Sousa
“O interminável caos das cidades. A sedução do artista pelo mal feito ou pela vontade, ou mostra, do querer-se fazer. "Fogo que stress do carago", estava pintado numa das telas. Com uma pronúncia bem do norte, a reforçar a instalação com esses objectos que denunciam o emaranhado das constantes obras. Numa varanda – provisória, bem a preceito – pode ver-se um terraço onde um casal de namorados se prepara para um curto momento de doce e pacífica intimidade e algumas gruas pairam sobre a invicta. Numa fotografia, um pequeno papel denuncia uma intenção e uma caveira reaparece. E a certa altura... eis que surgem as Tartarugas Ninja. Nuno Rodrigues e Sousa

ONDE: Espaço Fidelidade Mundial Chiado 8 Arte Contemporânea Largo do Chiado, 8
QUANDO: Até 10 de Agosto
QUANTO: N/D”

Fonte: www.lecool.com
Os melhores sketches dos Monty Phython
Desconto 10% até final de Agosto, na compra máxima de 4 bilhetes. Aproveite esta oportunidade e reserve lugar na comédia mais hilariante do ano.

Os Monty Python abriram os sentidos do mundo não só para a comédia, mas também para alguns temas importantes para as sociedades modernas: como trocar papagaios mortos. Piadas enquanto armas mortíferas. Canibalismo em agências funerárias. A presença de cangurus na Última Ceia.

A UAU, o Casino Lisboa, os actores José Pedro Gomes, António Feio, Miguel Guilherme, Bruno Nogueira e Jorge Mourato prestam a devida homenagem aos génios que lhes ensinaram boa parte daquilo que sabem sobre comédia, sobre o lado bonito da vida e sobre a arte de evitar ser esmagado por um pé gigante vindo sabe-se lá de onde, numa sucessão imparável de sketches clássicos dos Monty Python, traduzidos e adaptados por Nuno Markl.

(Nota: Este espectáculo não contém alces. Um responsável da UAU tentou incluí-los à força, mas já foi despedido.)

Onde - Auditório dos Oceanos no Casino Lisboa
Quando - Estreia 18 de Setembro 3ª a Sábado às 22h Domingos às 17h
Quanto - 18€ e 20€

Etiquetas: